Greenproject


giottogiottogiottogiottogiottogiottogiottogiotto


giottogiottogiottogiottogiottogiottogiottogiotto

O nosso compromisso com o meio ambiente

O respeito pelo meio ambiente e a sua conservação é mais que um compromisso, é uma oferta que fazemos a nós próprios e às gerações futuras.
A mudança começa connosco. Por este motivo, as nossas escolhas sempre foram guiadas pelo compromisso de formar um desenvolvimento sustentável que assegure os nossos standards de qualidade e segurança.
Todas as pessoas que trabalham no grupo partilham estes valores e moldam as nossas decisões todos os dias.

 

As nossas fábricas

OUR MANUFACTURING SITES
OUR MANUFACTURING SITES

Nós fabricamos os nossos produtos com respeito pelo meio ambiente. Este processo começa por acompanhar a forma como usamos a matéria-prima, os nossos consumos energéticos, água e emissões, assim como um olhar atento como tratamos os resíduos e eficiência energética. Contruímos as nossas fábricas longe de locais protegidos e com grande biodiversidade e implementamos sistemas e processos que protegem o ambiente, a área local e o ecossistema.
As nossas fábricas utilizam maioritariamente energia elétrica, vapor e gás natural para aquecimento / arrefecimento e procuramos continuadamente formas de reduzir os nossos consumos. Hoje em dia, um terço da energia necessária para operar as nossas fábricas proveem de biomassa.
Para fabricar papel, guache, pasta para brincar e giz usamos água. Monitorizamos constantemente os nossos consumos deste importante recurso e, através de sistemas automáticos, limitamos ao mínimo o consumo.

Os ingredientes que criam excelentes produtos.

Selecionamos cuidadosamente a matéria-prima nas nossas fábricas e promovemos o uso das que têm origem em fontes renováveis e um impacto ambiental baixo. Isto inclui a madeira, principal matéria-prima na fabricação de lápis e as fibras para o papel; o plástico usado em marcadores, destacadores e outros acessórios e embalagens; e amido e farinha usado em papel e pastas para modelar.

Para assegurar que os nossos produtos têm um desenvolvimento sensível ao meio ambiente, introduzimos internamente processos para promover soluções amigas do ambiente com vista a:

  • promover o uso de matérias primas com origem em fontes renováveis e sustentáveis
  • reduzir materiais usados nas embalagens
  • usar embalagens amigas do ambiente
  • melhorar continuadamente o desempenho dos produtos, para assegurar a sua longevidade e redução de desperdício, cumprindo assim com toda a legislação de segurança e garantia da melhor qualidade dos produtos aos consumidores.

 

Clique no tópico abaixo para encontrar e descobrir mais informações.

Madeira de florestas geridas de forma responsável >
Plástico: um tema que preocupa os nossos corações >
Todas as pinturas ou desenhos precisam de um bom papel >
Melhor Qualidade significa menor desperdício >
Um olhar atento às embalagens >


Madeira de florestas geridas de forma responsável >
Plástico: um tema que preocupa os nossos corações >
Todas as pinturas ou desenhos precisam de um bom papel >
Melhor Qualidade significa menor desperdício >
Um olhar atento às embalagens >

GLI INGREDIENTI
GLI INGREDIENTI

As florestas sofrem muitos desafios: climáticos, ecológicos, mão humana e socioeconómicos.
A conservação das florestas envolve uma gestão coordenada entre os vários operadores.
A cadeia de certificação para a fonte da madeira garante uma gestão sustentável, enquanto que a diversidade biológica, renovação das florestas, prevenção de catástrofes naturais, proteção do habitat e a redução do impacto ambiental devido à exploração seja assegurada para gerações futuras.
As florestas certificadas devem cumprir as suas funções ecológicas, económicas e sociais sem comprometer outros ecossistemas. As árvores em crescimento convertem dióxido de carbono em oxigénio para respirarmos, ajudando a reduzir e a limitar o efeito de
estufa. Um consumo responsável deste recurso é fundamental para a sobrevivência do nosso planeta.

A madeira passa por diferentes etapas antes de chegar até si.
A cadeia de produção é longa e complexa e deve ser documentada durante todo o processo, desde a árvore ao produto final. Por este motivo, cada interveniente na cadeia é essencial para garantir o rastreio através da certificação, pelo que a FILA introduziu o uso de madeira e fibras de florestas geridas de forma correcta, responsável e sustentável.

Desde o último século, uma das madeiras normalmente usada para produzir os nossos lápis Giotto e Lyra é o Cedro da Califórnia, que historicamente é uma das madeiras mais adequadas para a fabricação de lápis e satisfaz desde há muito tempo os protocolos muito restritos de sustentabilidade: Programa de Certificação da Gestão Florestal (PEFC).

A madeira Cedro da Califórnia vem das florestas da Califórnia, onde as novas árvores são plantadas no lugar das árvores maduras colhidas, criando assim a próxima geração da floresta. Os ciclos de colheita são longos e envolvem o corte de apenas uma pequena percentagem das árvores existentes, de acordo com regras claramente definidas para a manutenção da biodiversidade e promoção de uma mistura natural de flora e fauna para permitir a sobrevivência de espécies animais, inclusive aquelas em risco de extinção.

PEFC

O papel para desenho da Canson e da Giotto é fabricado com 70% de fibras provenientes de florestas certificadas e os restantes 30% de desperdícios de madeira. Neste caso, a etiqueta FSC® certifica a cadeia de custódia.

De forma a deduzir o desperdício foi implementado um sistema de recuperação e reutilização de desperdício da madeira derivado dos cortes necessários à produção de lápis e, no sentido de uma economia circular, algumas das nossas gamas de lápis e molduras para as telas são fabricadas com resíduos de madeira recuperados através de processos industriais.

plastic
plastic

O plástico é uma matéria-prima essencial para garantir a funcionalidade, segurança, longevidade e rentabilidade de muitos produtos. São diversos tipos de plástico e cada um oferece propriedades que garantem a funcionalidade do próprio produto.
A maior parte do plástico atualmente disponível no planeta ainda vem de combustíveis fósseis (petróleo) e é usado numa ampla gama de setores para fazer os muitos objetos, itens e componentes que encontramos no nosso dia a dia.

BIOPLÁSTICOS

Nos últimos anos, a pesquisa em soluções inovadoras no campo dos bioplásticos experimentou um crescimento significativo. Os bioplásticos são divididos em dois grandes grupos:

  • Plásticos de origem biológica* que ajudam a reduzir o CO2 e que são fabricados a partir de fontes renováveis, um recurso renovável não fóssil. Esta família inclui polímeros de base biológica não biodegradáveis, como PE de base biológica, PET de base biológica, PA de base biológica, PU de base biológica etc.
  • Plásticos biodegradáveis produzidos a partir de matéria orgânica ou à base de poliésteres sintéticos biodegradáveis que podem-se decompor rapidamente no meio ambiente, em parte devido à sua espessura reduzida. Alguns exemplos de plástico biodegradável incluem aqueles derivados de amido de milho, trigo, tapioca, batata, amido de batata ou restos de vegetais, como casca de batata. Esses plásticos são agora amplamente usados para fazer sacos de supermercado e para lixo da cozinha.

Nos nossos departamentos de pesquisa e desenvolvimento, estudamos e testamos bioplásticos para entender a sua possível aplicação nos nossos produtos, a sustentabilidade da sua produção e o desempenho do produto finalizado.

 

Até à data, os plásticos de origem biológica vegetal provaram ser de particular interesse como substituto do plástico à base de combustível fóssil em alguns dos nossos processos de produção. Especificamente em 2019 introduzimos com sucesso o plástico de origem biológica – um material derivado do processamento da cana-de-açúcar – para a produção em massa de itens duráveis e semi-duráveis, como recipientes escolares (Schoolpacks) e copos usados na escola para guardar lápis e marcadores de pintura ou embalagens para brincar, como os ovos de plástico recentes destinados às crianças mais novas, que contêm lápis de cera e pasta para brincar.

*O componente renovável ou conteúdo de base biológica nos nossos produtos é cientificamente comprovado e pode ser medido usando a percentagem do isótopo 14C, que não está presente em plásticos de petróleo. O método de teste padrão é O ASTM 6866 que “determina o conteúdo de base biológica de amostras sólidas, líquidas e gasosas usando análise de radiocarbono”.

Por fim, em termos de bioplásticos, substituímos todos os nossos recipientes de cola e guaches (250ml, 500ml e 1000ml), previamente fabricados com PET à base de combustível fóssil, por BioPET, plástico de origem vegetal.
Estas embalagens ecológicas mantêm as suas qualidades de preservação do produto e podem ser recicladas como plástico após o uso
.

prodotti eco
prodotti eco

PLÁSTICOS RECICLADOS PRÉ E PÓS-CONSUMIDOR

Outro estudo realizado nas instalações italianas de Rufina (Florença-Itália) sobre os possíveis usos de plásticos reciclados pré e pós-consumo tornaram possível no final de 2020 industrializar polímeros que compreendem matérias-primas secundárias e subprodutos – materiais plásticos derivados da recuperação de resíduos em fim de vida, como resíduos industriais pré-consumo e restos de plástico industrial e resíduos de produção respectivamente.
Estes materiais, que cumprem os requisitos de qualidade e rastreabilidade para o desenvolvimento dos nossos artigos, substituíram as matérias-primas virgens utilizadas para a produção de todos os corpos e tampas das nossas canetas esferográficas Tratto1. Agora disponíveis apenas na versão “verde”.
O mundo dos eco-plásticos está em constante evolução e o nosso compromisso em testar e pesquisar novas soluções sustentáveis ​​em linha com a filosofia da economia circular – para a recuperação de materiais residuais e a redução de resíduos – abre o caminho para novas aplicações destes materiais e da sua utilização progressiva
, compatível com a sua adequação aos produtos do Grupo.

 

 


O mundo dos eco-plásticos está em constante evolução e o nosso compromisso em testar e pesquisar novas soluções sustentáveis ​​em linha com a filosofia da economia circular – para a recuperação de materiais residuais e a redução de resíduos – abre o caminho para novas aplicações destes materiais e da sua utilização progressiva, compatível com a sua adequação aos produtos do Grupo.

paper
paper

A água é o principal recurso natural utilizado na produção de papel.
Os fabricantes de papel Canson®, fundados em 1500 e agora parte do grupo FILA, usam as águas puras de Ardèche, França. A qualidade do abastecimento de água é para nós uma prioridade. Os rios próximos da Canson® foram classificados na categoria 1 (classificado como “excelente qualidade”) pelo conselho de água francês, a Agence de l’Eau.

Não usamos branqueadores ópticos ou substâncias químicas para fabricar o nosso papel e a ausência de substâncias tóxicas no processo de produção é essencial por dois motivos: o menor impacto ambiental e a sobrevivência das obras de arte ao longo dos séculos.
As matérias-primas do papel Canson para estudantes e artistas, como o papel Giotto produzido na fábrica de papel Canson, utilizam fibras de uma cadeia certificada FSC® e um biomaterial, amido, essencial para aumentar a resistência do papel a rasgos, para a colagem da superfície através do dimensionamento e evitando a ocorrência de pó.
Descubra mais informações na página da canson.com

Brand
Brand

quality
quality

Longevidade e desempenho são ambos aspectos que influenciam a redução de resíduos: seguimos essa filosofia em tudo o que fazemos todos os dias. Para dar apenas alguns exemplos: os nossos marcadores de pintura duram mais porque escolhemos pontas de fibra que são macias e duráveis, mantêm a sua forma e permitem que a tinta contida no reservatório seja totalmente utilizada.
As tintas dos marcadores possuem cores brilhantes e não secam, mesmo que se esqueçam de colocar a tampa durante vários dias. Os lápis de grafite e os lápis de cor são fabricados com minas sólidas e altamente pigmentadas que fornecem cor imediatamente ao papel, enquanto que se desgasta lentamente.
As colas em batom não se desintegram, são compactas e fornecem a quantidade certa de cola ao papel para um uso ideal; os guaches são ricos e concentrados e uma pequena quantidade oferece excelentes resultados; as canetas, os destacadores e os marcadores possuem um grande reservatório de tinta e duram muito tempo.

confezioni
confezioni

A escolha dos materiais utilizados nas embalagens é outro aspecto crucial para um futuro sustentável. Por isso: estamos gradualmente a reduzir as embalagens ao mínimo, compactando-as para reduzir o seu impacto ambiental para uma redução de resíduos e emissões devido ao transporte dos produtos. Procuramos soluções ecologicamente corretas para as nossas embalagens, promovendo o uso de cartão, preferencialmente reciclado. Reduzimos gradualmente as embalagens plásticas utilizadas, para garantir a integridade do produto durante o transporte e na loja. Estamos a substituir gradualmente o plástico à base de combustível fóssil por outros materiais, como o reciclado Plástico R-PET para sacos e embalagens blister.

 

Piano sostenibilità
Piano sostenibilità